Siga-nos:        

Sancionada lei que garante repasse de R$ 58 bilhões aos estados pelas perdas da Lei Kandir

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira (29) a Lei Complementar 176/2020, que assegura a transferência de R$ 58 bilhões aos estados e municípios como compensação pelas perdas da Lei Kandir. A sanção foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

Os recursos serão transferidos em parcelas até 2037, à ordem de R$ 4 bilhões a cada ano até 2030, sendo R$ 1 bilhão para os municípios. De 2031 a 2037, haverá uma redução de R$ 500 milhões por ano nas parcelas. A primeira parcela, de R$ 4 bilhões, será transferida para as contas dos entes federativos até esta quinta-feira (31).

Para garantir o repasse ainda este ano, os estados e municípios têm de acessar até as 10 horas desta quarta-feira (30) o Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) e assinar renúncia de direito das ações judiciais protocoladas no Supremo Tribunal Federal contra a União para cobrar as perdas da Lei Kandir.

A renúncia é uma contrapartida acertada pelos entes no acordo decorrente da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) nº 25, firmado entre a União e os estados para garantir o pagamento das perdas. As orientações para acesso ao Sinconfi foram repassadas aos estados e municípios em Boletim do Tesouro Nacional.

Quem assinar após as 10 horas desta quarta, mas dentro do prazo máximo de 10 dias úteis, receberá o primeiro repasse em janeiro de 2021. O prazo inicial para acesso ao Sinconfi e assinatura da renúncia era 23h59 desta terça (29), mas o Tesouro emitiu novo comunicado estendendo esse prazo para as 10 horas desta quarta.

VITÓRIA PARA OS ENTES – A sanção da LC 176/2020 é uma vitória para estados e municípios, que se mobilizam há mais de uma década pela compensação das perdas provocadas pela desoneração de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de produtos destinados à exportação, prevista na Lei Kandir, editada em 1996.

O acordo entre a União e os estados foi firmado em maio e homologado pelo STF, após uma série de audiências em torno da ADO 25, tendo o ministro Gilmar Mendes como relator. Pelo acordo, além dos R$ 58 bilhões parcelados até 2037, estados, Distrito Federal e municípios têm a repasses extras de mais R$ 7,6 bilhões, perfazendo o total de R$ 65,6 bilhões.

São R$ 3,6 bilhões condicionados à aprovação da PEC do Pacto Federativo (PEC 188/2019) e mais R$ 4 bilhões a serem pagos quando ocorrer o leilão de petróleo dos blocos de Atapu e Sépia, na Bacia de Santos (SP).

(Foto: Pedro França/Agência Senado)

Data: 30 de dezembro de 2020

bucetas pentelhudas juraporn.com capa da pleiboi vídeos pornos grátis pornthclips.com video de menina estrupada no rio de janeiro porno tubidy daporn.mobi boquete da novinha pego no flagra porno jizzman.mobi travesti com lesbicas sauna fox em salvador goporns.info ator pornô famoso mulher babando umkatube.mobi porno guy livia andrade chupando tubepatrolporn.com baixar videos do racionais gordas lesbicas dotporn.tv coroas quente minha vizinha e muito gostosa mybeegporn.mobi www fotos de mulheres nuas anime hen vegasmpegs.com video mulher estrupada por 33 homens whatsapp videos novinhas penytube.mobi filme romântico com sexo rabao de macho joysporn.mobi negras fazendo sexo oral xvideos keisha grey ganstaporn.com vidios insesto lesbicas sexo oral monaporn.mobi hentai erotica animes para maiores de 18 anos dadaporn.mobi filmes menage bolero sobazo.com sony a7r iii