O presidente Décio Padilha representa o Comsefaz no Congresso Pensar Brasil

O presidente Décio Padilha representa o Comsefaz no Congresso Pensar Brasil

13 de maio de 2022 Off Por comsefaz

O Congresso teve como foco o universo do trabalho e os desafios dos novos tempos para impulsionar a geração de emprego e renda no país.

Nos dias 12 e 13 de maio aconteceu, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, a primeira edição do Congresso Pensar Brasil – Diálogo sobre trabalho, desenvolvimento e futuro. O evento foi realizado por entidades como Sindilegis (Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do TCU), Sindjus/DF (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário e MPU no DF), Fecomércio/RJ (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro) e Fecomerciários/SP (Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo)

O presidente do Comsefaz (Comitê Nacional de Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal) participou do primeiro dia do evento e palestrou em painel sobre o sistema tributário brasileiro. Em sua apresentação, Décio Padilha abordou o tema “Tributação sobre Consumo”, onde defendeu a reforma tributária no Brasil para simplificar e modernizar o sistema tributário nacional. A PEC 110/2029 teve participação ativa dos secretários de Fazenda e une União, Estados, Municípios, setores produtivos e entidades do Fisco. A proposta assemelha-se a modelos como o canadense, criando o IVA duplo e o imposto seletivo, uma sistemática que se adequa às características de um país grande, com uma diversidade de desafios e realidades a serem enfrentadas.  “Além da junção de forças dos secretários e dos governadores, de ministros e senadores, há tecnologia hoje para devolver para cada uma pessoa que pagar além dos tributos”, comentou Padilha, lembrando da preocupação com o combate à desigualdade social.

Também participaram da mesa a gerente de Advocacy na Endeavor Brasil, Renata Mendes; o ex-ministro da Previdência Social, Nelson Machado; o executivo da Brasscom, Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais, Paulo Gallindo; e o presidente da Associação Nacional das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais, Rodrigo Spada.